A página TH está disponível para os navegadores: Google Chrome, Ópera, Firefox, Edge e Internet Explorer nas versões 10 e 11 .

Cobrança

22 de abr, 2015

Melhorando a Localização de Médicos, Advogados, Engenheiros e Psicólogos para a Cobrança de Anuidade dos Conselhos Regionais

Nos últimos meses, os principais institutos e canais de comunicação vêm noticiando o crescimento da inadimplência no país. Hoje, diferente de outros tempos, quase todas as classes sociais sofrem o impacto do atraso no pagamento de contas e não apenas as classes C e D. Com a baixa confiança do consumidor brasileiro, os gastos considerados supérfluos ou “adiáveis” vêm sendo reduzido drasticamente impactando o comércio, a indústria e profissionais liberais, como médicos, advogados, engenheiros, psicólogos, dentre outros.

O profissional liberal, na sua grande maioria, não possui uma renda fixa mensal garantida como um profissional assalariado. Com a queda no pró-labore, algumas contas podem deixar de ser pagas, dentre elas, a anuidade dos Conselhos Regionais de cada profissional. Independente do profissional utilizar ou não sua inscrição em Conselho de Fiscalização de Classe em suas atividades atuais, se efetuou seu registro, o pagamento da anuidade (vencidas e atual) é legítimo e obrigatório e jamais deverá ignorado, sob pena de sua dívida somente aumentar a cada ano que passa, bem como a ela ser acrescida juros e multa por atraso de pagamento.

Devido à crise financeira que assola o mundo contemporâneo, aliada à falta de valorização aos profissionais graduados, infelizmente é comum o desemprego, remuneração abaixo do valor sugerido pelo Conselho ou piso estabelecido pelo sindicato, e ainda, o exercício de atividade diferente à formação devido a dificuldade de colocação no mercado de trabalho. Esses fatores, que podem ocorrer juntos ou separados, acabam sendo os principais motivos pelos quais os profissionais com registro em Conselhos Profissionais não efetuem o pagamento das anuidades.

Muitos recém-formados ao concluírem a graduação, no ímpeto de acreditar que conseguirão uma colocação profissional com rapidez, acabam fazendo seu registro no Conselho, quitando as taxas iniciais devidas. No ano seguinte, ao receber a fatura para pagamento da anuidade, é muito comum decidirem por não pagá-la, geralmente porque não possuem condições financeiras para arcá-la ou estão trabalhando em área a qual o registro não é exigido. Em ambos os casos temos em comum a desinformação: o profissional acredita que por não utilizar seu número de registro está desobrigado de pagar o Conselho, e assim, acaba por acumular anos de inadimplência, e quando é notificado de seu débito, tem uma dívida de milhares de reais, causando-lhe natural aflição e desconforto.

Diante deste problema, Associações e Conselhos Regionais vem trabalhando fortemente na localização dos profissionais inadimplentes, visando uma cobrança mais efetiva, que mantenha o equilíbrio em suas contas.

Sabendo das dificuldades destas instituições de classe, diante dos cadastros efetivamente desatualizados ou com a inexistência de telefones ou endereços, a Sistemas TH desenvolveu uma ferramenta exclusiva para localização de Médicos, Advogados, Engenheiros e Psicólogos que propicia agilidade na consulta e assertividade na localização dos profissionais liberais, possibilitando a cobrança e posterior pagamento dos débitos pendentes.

Conheça gratuitamente a ferramenta de atualização cadastral da Sistemas TH através do endereço: http://www.sistemasth.com.br/contato.php

 

admin

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nosso conteúdos por email

E-mail cadastrado com sucesso!



Leia também